Novo Alvodireto.com rede social de anuncios, seu conteúdo nos buscadores da internet. Cadastre-se e poste anuncios, fotos, artigos e qualquer conteúdo para aumentar sua presença online e apareça no Google, Bing e Yahoo

Categorias

Fonte: G1-Noticias

Qualidade de vida em Domingos Martins é atrativo para investir em condomínio de luxo
Colocado por: 2019-10-08 13:32:15
Registre-se aqui e deixe seu comentario nessa noticia.

A proximidade do mar com a montanha é um dos encantos do Espírito Santo. A apenas 42 quilômetros de Vitória, na região serrana, está o município de Domingos Martins, um refúgio para quem deseja sair da correria da região metropolitana. O município, que preserva as tradições ítalo-germânicas na culinária, arquitetura, agroturismo e festividades, atrai visitantes de todo o país. A região é ideal para quem deseja ter uma casa e aproveitar os dias de folga na região serrana. Mas também já atrai quem prefere morar em um condomínio de luxo num lugar mais tranquilo, mesmo trabalhando na Grande Vitória.

Conhecido como Cidade do Verde, o município é reconhecido por ter o 3º melhor clima do mundo, segundo a Organização das Nações Unidas (ONU). A cidade tem muito a oferecer. Além da sede, Campinho, há outros distritos, como Pedra Azul, Soído, Victor Hugo e Paraju. São mais de 8 mil km de estradas as serem exploradas, revelando paisagens encantadoras das montanhas capixabas.

Domingos Martins é reconhecido por ter o 3º melhor clima do mundo, segundo a Organização das Nações Unidas (ONU) — Foto: Divulgação/ Espelho D'águaDomingos Martins é reconhecido por ter o 3º melhor clima do mundo, segundo a Organização das Nações Unidas (ONU) — Foto: Divulgação/ Espelho D'água

Domingos Martins é reconhecido por ter o 3º melhor clima do mundo, segundo a Organização das Nações Unidas (ONU) — Foto: Divulgação/ Espelho D'água

“Domingos Martins é um polo turístico já conhecido e reconhecido há décadas, existem redes desenvolvidas de hotelaria, gastronomia, cervejarias, entretenimento, supermercados e serviços em geral. De fato, é bem interessante pensar em nos locomover apenas 50 km e já desfrutar de temperaturas tão agradáveis. O contato com a natureza é fundamental nos dias de hoje em que estamos cada vez mais imersos no mundo digital. O respiro, reposição de energias, momentos com a família, nesse clima, realmente, faz toda a diferença em busca da felicidade e saúde”, afirma o empresário Claudio Chieppe Kroeff.

Contato com a natureza e qualidade de vida

Com todas essas particularidades, o paraíso foi o lugar escolhido para a construção do condomínio de alto padrão Espelho d’Água. Localizado a 6 km de Campinho, em uma região privilegiada, o condomínio possui 570 mil metros quadrados de área total. Destes, são 230 mil m² de Mata Atlântica e 60 mil m² de área de lazer.

O condomínio de alto padrão Espelho d’Água possui 570 mil metros quadrados de área total. Destes, são 230 mil m² de Mata Atlântica e 60 mil m ² de área de lazer — Foto: Divulgação/Espelho D'águaO condomínio de alto padrão Espelho d’Água possui 570 mil metros quadrados de área total. Destes, são 230 mil m² de Mata Atlântica e 60 mil m ² de área de lazer — Foto: Divulgação/Espelho D'água

O condomínio de alto padrão Espelho d’Água possui 570 mil metros quadrados de área total. Destes, são 230 mil m² de Mata Atlântica e 60 mil m ² de área de lazer — Foto: Divulgação/Espelho D'água

Entre os atrativos estão centro de convivência, churrasqueira, cinema, piscina semiolímpica coberta e aquecida, lagos ornamentais, campo de golfe, trilhas ecológicas, academia, dentre outros. As quintas (terrenos) destinadas às residências trazem ainda mais exclusividade, proporcionando espaço para pomar, lazer e privacidade, com áreas entre 2 mil e 7 mil m² . Os valores são a partir de R$ 400 mil.

Assim como ocorre em grandes centros, como São Paulo (SP) e Belo Horizonte (MG), a busca por qualidade de vida tem levado capixabas a fixar moradia nas montanhas, fazendo o trajeto diário para trabalhar na Grande Vitória, por exemplo. A distância é curta, considerando que o trajeto de carro leva, em média, uma hora. Para se ter ideia, na Grande São Paulo, quem opta por viver em um dos mais tradicionais condomínios verticais em Barueri e trabalhar na capital leva cerca de 1h40 em um trajeto menor, de cerca de 30 km.

No centro de convivência há churrasqueira, cinema, piscina semiolímpica coberta e aquecida, lagos ornamentais, campo de golfe, trilhas ecológicas, academia, entre outros — Foto: Divulgação/ Espelho D'águaNo centro de convivência há churrasqueira, cinema, piscina semiolímpica coberta e aquecida, lagos ornamentais, campo de golfe, trilhas ecológicas, academia, entre outros — Foto: Divulgação/ Espelho D'água

No centro de convivência há churrasqueira, cinema, piscina semiolímpica coberta e aquecida, lagos ornamentais, campo de golfe, trilhas ecológicas, academia, entre outros — Foto: Divulgação/ Espelho D'água

“Essa tendência já vem acontecendo aqui no Estado e irá se intensificar cada vez mais com a melhora da infraestrutura e duplicação da BR 262. No Espelho d’Água, das 28 casas atuais, cinco são de residentes. A maioria possui como casa de montanha (2ª residência). No entanto, já percebemos o crescimento nas intenções dos recém-adquirentes de construir para moradia. Entre os benefícios dessa opção estão voltar a conviver em ambientes sem muros, cercado de mata atlântica, fauna e flora exuberantes, a tranquilidade, respirar ar puro, além de contar com toda infraestrutura necessária, como por exemplo, internet de alta velocidade”. afirma Claudio Chieppe.

Valorização e proteção do patrimônio

O empresário ressalta que o condomínio vem ganhando reconhecimento no mercado de alto padrão, com grande tendência de valorização. “Ele vem tendo uma curva de maturidade muito rápida. A previsão é, até o final do ano que vem, chegarmos a 40 casas, o que representa quase 50% do total de unidades, além das vendas já terem atingido 80% das quintas. Naturalmente, a lei da oferta e procura vai estabelecendo o preço do produto. Entrando nas últimas unidades, a consequência natural é uma forte valorização”, observa.

O Espelho D'água já possui 28 casas construídas — Foto: Divulgação/Espelho D'águaO Espelho D'água já possui 28 casas construídas — Foto: Divulgação/Espelho D'água

O Espelho D'água já possui 28 casas construídas — Foto: Divulgação/Espelho D'água

Ele ressalta que quem investe na compra de um terreno em busca de construir sua casa precisa avaliar bem os prós e contras de todas alternativas que irá encontrar. “Vale lembrar que, muitas das vezes, o terreno irá representar uma parte não muito grande do investimento total, considerando a casa que se deseja construir. Assim, é natural que os condomínios com tendência de valorização levem vantagem em dois aspectos: proteção patrimonial e liquidez”, afirma.

Chieppe explica porque a proteção patrimonial e a liquidez tendem a ser maiores nesse tipo de empreendimento. “A proteção patrimonial ocorre, porque toda valorização que acontecer no condomínio refletirá no valor total investido por cada condômino, tanto no terreno como na casa construída. É diferente de se construir em local sem a tendência de valorização, onde, muitas vezes, investem-se altos valores em uma residência e, em uma possível necessidade de venda, o proprietário tem dificuldade de revender, até pelo valor total gasto”, ressalta.

As quintas (terrenos) destinadas às residências têm espaço para pomar, lazer e privacidade, com áreas entre 2 mil e 7 mil m² — Foto: Divulgação/Espelho D'águaAs quintas (terrenos) destinadas às residências têm espaço para pomar, lazer e privacidade, com áreas entre 2 mil e 7 mil m² — Foto: Divulgação/Espelho D'água

As quintas (terrenos) destinadas às residências têm espaço para pomar, lazer e privacidade, com áreas entre 2 mil e 7 mil m² — Foto: Divulgação/Espelho D'água

Já a liquidez em condomínios, quando comparada com outros tipos de imóveis fora da cidade, como sítio e fazenda, apresenta-se de forma favorável, pois há a vantagem de menor custo e facilidade de manutenção das áreas comuns, maior segurança e infraestrutura. “Quando se constrói fora de condomínios, precisa-se cuidar de tudo sozinho e o custo é integral do proprietário, sem rateio com os vizinhos”, ressalta.

Além do clima agradável e das paisagens naturais exuberantes, Domingos Martins se destaca por sua arquitetura, cultura, culinária e festividades típicas, que atraem visitantes, não apenas na temporada de inverno, mas durante o ano todo.

Quem passeia pela sede, chamada de Campinho, tem diferentes pontos turísticos à disposição, como a Casa da Cultura, onde funciona o Museu Histórico de Domingos Martins. O local tem um acervo de livros, documentos, fotografias, móveis, utensílios domésticos relativos à colonização alemã e italiana do município. A Praça Dr. Arthur Gerhardt é um dos cartões-postais da cidade, onde acontece a maioria dos eventos e comemorações.

Condomínio fica a 6 km de Campinho, centro de Domingos Martins, e a 42 km da Capital, Vitória — Foto: Divulgação/ Espelho D'águaCondomínio fica a 6 km de Campinho, centro de Domingos Martins, e a 42 km da Capital, Vitória — Foto: Divulgação/ Espelho D'água

Condomínio fica a 6 km de Campinho, centro de Domingos Martins, e a 42 km da Capital, Vitória — Foto: Divulgação/ Espelho D'água

Também na sede está Reserva Kaustky, área de Mata Atlântica que possui cerca de 100 mil plantas e um templo ecumênico a 850 metros, proporcionando uma vista privilegiada de onde é possível observar até mesmo as cidades de Vitória e Vila Velha. Já a Cascata do Galo, a 10 km da sede, tem queda de 70m de altura e belíssimas piscinas naturais cercadas de verde.

Para quem aprecia uma boa culinária, a estrutura da cidade não decepciona. Há opções de estabelecimentos que oferecem dos estilos mais rústicos à alta gastronomia, passando por bistrôs, cafés e cervejarias cheios de charme. A Rua de Lazer, por exemplo, convida a experimentar sabores típicos e traz ainda produtos do agroturismo, mais um atrativo da cidade. A região de Soído também reserva experiências gastronômicas variadas cercadas de belezas naturais e estrutura de lazer, em fazendas e sítios abertos à visitação.

A diversão está garantida em Domingos Martins durante todo o ano, com um calendário repleto de festividades típicas. No primeiro mês do ano já dá para aproveitar o Sommerfest, festival em comemoração à imigração alemã. Na ocasião, as ruas de Campinho são enfeitadas com as cores da bandeira da Alemanha. O evento agrega música, apresentação de danças típicas, concurso de rainha, princesa e lenhador. Há ainda desfile cultural e degustação de pratos da culinária típica alemã e cervejas artesanais.

Quando chega a Páscoa, a cidade entra no clima com uma decoração especial que pode ser conferida por onde se passa. A Vila da Páscoa e a Toca do Coelho, em frente à Praça Dr. Arthur Gerhardt, encantam adultos e crianças. É possível ainda degustar produtos como o famoso bombom de morango e outras iguarias preparadas com chocolate.

O Festival Internacional de Inverno de Música Erudita e Popular de Domingos Martins, que geralmente acontece durante o mês de julho, é o maior evento da cidade. A festa reúne cursos e apresentações com artistas locais e nacionais, no palco montado na sede, gastronomia e apresentações de danças típicas.

A Pommerfest, Festa da Imigração Pomerana que acontece em setembro, celebra a cultura dos imigrantes, com destaque para os tocadores de concertina, uma tradição preservada na região. Também em setembro, a Blumenfest (Festa das Flores) comemora o início da primavera, com exposição de espécies raras.

O calendário se encerra em grande estilo com o Brilho de Natal, quando as luzes tomam conta da cidade e há atividades culturais para toda a família, como shows musicais, Vila do Papai Noel e novidades surpreendentes a cada ano.


Compartilhe essa noticia.


  • 0 comentário(s)
Registre-se aqui e deixe seu comentario nessa noticia.

Seja o primeiro a gostar