Novo Alvodireto.com rede social de anuncios, seu conteúdo nos buscadores da internet. Cadastre-se e poste anuncios, fotos, artigos e qualquer conteúdo para aumentar sua presença online e apareça no Google, Bing e Yahoo

Categorias

Fonte: Motor 1

Toyota registra Corolla XSE com a frente norte-americana no Brasil
Colocado por: 2019-10-08 13:57:52
Registre-se aqui e deixe seu comentario nessa noticia.

Enquanto algumas marcas vêm adotando a mesma identidade visual para seus modelos globais (Honda Civic, por exemplo), a Toyota manteve a 12ª geração do Corolla com duas opções distintas de estilo: uma mais jovem e esportiva para o mercado norte-americano e uma mais clássica e elegante para o mercado europeu - que não por acaso é a que norteia a versão brasileira. Afinal, na Europa e no Brasil o Corolla sedã tem uma imagem mais sofisticada que nos EUA. 

2020 Toyota Corolla XSE: Revisão

Acontece que uma escolha nem sempre agrada à todos, e há no Brasil quem prefira a dianteira mais invocada do modelo ianque. Nele, os faróis são maiores e possuem formato irregular, com uma fenda que corta o para-choque, além de haver uma tomada de ar bem maior. A versão esportiva XSE reforça essa "cara de mau" com a grade inferior pintada de preto, além de um extrator na traseira, ponteira de escape dupla, sopiler na tampa do porta-malas e rodas aro 18". 

Pois bem, a notícia agora é que esta versão XSE norte-americana acaba de ser registrada no Brasil, conforme mostram as imagens de patente abaixo. Possivelmente é apenas uma forma de a Toyota do Brasil se garantir contra cópias, mas, numa visão mais otimista, seria interessante pensar neste modelo como uma futura opção esportiva da linha. Afinal, o Corolla anterior era bem menos dinâmico que o novo e tinha a versão esportivada XRS

Galeria: Toyota Corolla XSE - Registro no INPI

Com amplo domínio do segmento de sedãs médios no país (chega a 50% das vendas em alguns meses), o Corolla evoluiu significativamente em dirigibilidade e desempenho nesta nova geração, com a adoção da plataforma TNGA, suspensão traseira independente multibraços, motor 2.0 de 177 cv com injeção mista (direta e indireta) e o câmbio CVT de 10 marchas (1ª mecânica e 9 simuladas). Com um acerto mais firme de suspensão e direção, além das rodas aro 18", somado ao visual do XSE americano, estava feito o novo XRS nacional...

Fotos: arquivo Motor1.com e reprodução   


Compartilhe essa noticia.


  • 0 comentário(s)
Registre-se aqui e deixe seu comentario nessa noticia.

Seja o primeiro a gostar