Novo Alvodireto.com rede social de anuncios, seu conteúdo nos buscadores da internet. Cadastre-se e poste anuncios, fotos, artigos e qualquer conteúdo para aumentar sua presença online e apareça no Google, Bing e Yahoo

Categorias

Fonte: G1-Noticias

Garça terá plano emergencial para enfrentar crise da falta d' água
Colocado por: 2019-11-07 20:25:03
Registre-se aqui e deixe seu comentario nessa noticia.

O Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) divulgou, nesta quinta-feira (7), um plano emergencial para conter o desperdício de água em Garça (SP). O bombeamento para as casas poderá ser interrompido se o nível do reservatório baixar.

A empresa explica que a estiagem é o principal fator para o desabastecimento. Segundo o SAAE, o consumo de água aumentou, mas a vazão dos córregos onde ela é captada ainda é baixa. Por isso, o serviço foi obrigado a pensar em um plano de emergência.

Assim, de acordo com o SAAE, se o nível do reservatório diminuir para 50%, uma bomba será desligada. Se baixar para 30%, uma segunda bomba será desligada, e se o nível chegar a apenas 20%, as três bombas que abastecem o município devem ser desligadas. Com isso, alguns bairros de Garça podem ficar sem água.

SAAE pode desligar bombas responsáveis por levar água à população se nível do reservatório diminuir

Segundo Ulysses Bottino Peres, o diretor executivo do SAAE. o problema deve ser resolvido em 2020, com a perfuração de um poço tubular profundo, que vai captar água do Aquífero Guarani e tem uma expectativa de produzir entre 200 mil e 300 mil litros por hora.

“O projeto está pronto, nós contamos com a orientação técnica dos geólogos do DAE. É um projeto de magnitude financeira bastante alta, em torno de R$ 6 milhões e não podemos nos dar ao luxo de alguma coisa estar errada”, explica o diretor.

Diante da situação crítica, o SAAE pede para que a população economize água. Segundo Ulysses, de sexta-feira passada (1º) até a última segunda-feira (4), o serviço tratou em torno de 9 milhões de litros por dia.

Para evitar o desperdício o SAAE foi autorizado em decreto que poderia fiscalizar e aplicar multa na cidade para quem for flagrado utilizando água potável de maneira indevida. Em menos de um mês, 47 moradores e empresários foram notificados.

“Nós queríamos fazer um apelo de que as pessoas continuem usando ponderadamente esse recurso natural, que é tão importante, e deixar de desperdiçar essa água, tanto que nós estamos atentos com a equipe de fiscalização que vai notificar a reincidência e vai multar”, informa o diretor.


Compartilhe essa noticia.


  • 0 comentário(s)
Registre-se aqui e deixe seu comentario nessa noticia.

Seja o primeiro a gostar