Novo Alvodireto.com rede social de anuncios, seu conteúdo nos buscadores da internet. Cadastre-se e poste anuncios, fotos, artigos e qualquer conteúdo para aumentar sua presença online e apareça no Google, Bing e Yahoo

Categorias

Fonte: G1-Noticias

Marinha monta base em São Mateus para monitorar possível chegada do óleo ao ES
Colocado por: 2019-11-07 20:16:55
Registre-se aqui e deixe seu comentario nessa noticia.

Uma base da Marinha do Brasil foi montada na praia de Guriri, em São Mateus, na região Norte do Espírito Santo, para auxiliar o trabalho de monitoramento do litoral caso o óleo chegue ao estado. Além do município onde estão instalados, os militares vão atuar em Conceição da Barra e Linhares. Ainda não há registro de petróleo no estado.

Os 75 homens do grupamento de Fuzileiros Navais do Rio de Janeiro chegaram em São Mateus nesta quarta-feira (6). Além deles, outros 10 homens da Capitania dos Portos do Espírito Santo também estão atuando nos municípios.

O trabalho deles será de reconhecimento e monitoramento das praias. Se o óleo chegar ao Espírito Santo, os militares também estão preparados para intervir.

Marinha monta base de monitoramento de óleo, em Guriri, em São Mateus, ES  — Foto: Reprodução/ TV Gazeta Marinha monta base de monitoramento de óleo, em Guriri, em São Mateus, ES  — Foto: Reprodução/ TV Gazeta

Marinha monta base de monitoramento de óleo, em Guriri, em São Mateus, ES — Foto: Reprodução/ TV Gazeta

Na manhã desta quinta-feira (7), os militares passaram por um treinamento para o uso de equipamento de proteção e realizaram um monitoramento no litoral de Conceição da Barra, município do Espírito Santo que faz divisa com a Bahia. Nenhum vestígio de petróleo foi encontrado.

Além do trabalho da Marinha, equipes de voluntários também foram treinados. O secretário de Meio Ambiente de Conceição da Barra, André Tebaldi, explicou que o fato de o município não ter sido pego de surpresa deu tempo para as equipes se prepararem.

“Nós já começamos um protocolo com a estrutura do gabinete de gestão de crise há duas semanas. Já vínhamos organizando equipamentos adequados, estruturas, formação de pessoas e mão de obra própria ou voluntária”, relatou o secretário.

Fechamento do Riacho Doce

Como medida de proteção contra a possível chegada do óleo na costa do Espírito Santo, o Riacho Doce, no município de Conceição da Barra, na região Norte do estado, teve a Foz fechada por integrantes do Comitê de Crise do estado e homens da Marinha.

A ação, de acordo com o coordenador do monitoramento de praias em Conceição da Barra, Aurikson Corrêa, é preventiva. Caso o vazamento de petróleo atinja a primeira praia do estado, a barreira vai impedir que a substância chegue ao manguezal.

Foz de rio é fechada e um dique é construído, em Riacho Doce, no ES  — Foto: Marcia LedermanFoz de rio é fechada e um dique é construído, em Riacho Doce, no ES  — Foto: Marcia Lederman

Foz de rio é fechada e um dique é construído, em Riacho Doce, no ES — Foto: Marcia Lederman

Uma reunião com secretários de Meio Ambiente do Norte do Espírito Santo para definir a estrutura de comando unificado foi realizada nessa quarta-feira (6), na Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Seama), em Vitória.

Na reunião, ficou definido que esse comando vai ser composto pelo secretário de estado de Meio Ambiente, pelo coordenador estadual de Defesa Civil, pelo superintendente do Ibama e pelo comandante da Capitania dos Portos do Espírito Santo.

Em São Mateus, uma reunião de alinhamento das ações que serão tomadas pelos voluntários caso o óleo chegue ao município foi realizada com estudantes e servidores da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes).

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) afirma que 110 municípios foram afetados em todos os 9 estados do Nordeste: Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe.

A origem do óleo é desconhecida, mas autoridades afirmam que se trata de petróleo cru, que não é produzido no Brasil. Segundo o Ibama, 127 animais foram encontrados cobertos de óleo.

Funcionário da prefeitura trabalha na limpeza do óleo na praia da Barra de Jacuipe, em Camacari, na Bahia — Foto: Lucas Landau/ReutersFuncionário da prefeitura trabalha na limpeza do óleo na praia da Barra de Jacuipe, em Camacari, na Bahia — Foto: Lucas Landau/Reuters

Funcionário da prefeitura trabalha na limpeza do óleo na praia da Barra de Jacuipe, em Camacari, na Bahia — Foto: Lucas Landau/Reuters

Na quarta-feira (6), fragmentos de um material semelhante ao óleo foi encontrado em uma praia de Mucuri, na Bahia. O município baiano faz divisa com o Espírito Santo. O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama) e a Defesa Civil da cidade confirmaram a ocorrência.


Compartilhe essa noticia.


  • 0 comentário(s)
Registre-se aqui e deixe seu comentario nessa noticia.

Seja o primeiro a gostar