Novo Alvodireto.com rede social de anuncios, seu conteúdo nos buscadores da internet. Cadastre-se e poste anuncios, fotos, artigos e qualquer conteúdo para aumentar sua presença online e apareça no Google, Bing e Yahoo

Categorias

Fonte: Motor 1

Oficial: GM convoca 19.050 unidades do Onix Plus por risco de incêndio
Colocado por: 2019-11-11 12:20:12
Registre-se aqui e deixe seu comentario nessa noticia.

A General Motors enfim anuncia o recall de 19.050 unidades do Chevrolet Onix Plus. A convocação é feita após casos de incêndio envolvendo o veículo e a fabricante chegar ao ponto de cancelar as entregas das unidades já vendidas até que o reparo fosse feito. O número é grande porque envolve não só os veículos que já foram emplacados e entregues aos clientes, como também os que estão em estoque nas concessionárias.

Galeria: Chevrolet Onix Plus Premier - Avaliação

De acordo com a GM, o Chevrolet Onix Plus tem um defeito na calibração do módulo de controle do motor, que pode levar ao aumento de pressão e temperatura na câmara de combustão, causando danos ao pistão. Se isso acontecer, o bloco do motor pode quebrar, ocasionando vazamento de óleo quente no compartimento e iniciando um incêndio. No comunicado enviado aos concessionários, a fabricante dizia que o motivo era uma combinação de condições como temperatura e umidade, além do uso de combustível de baixa qualidade.

Para solucionar o problema, será feita uma atualização da calibração do módulo, impedindo que ele perca o controle nas situações descritas acima. O reparo leva 90 minutos para ser realizado e começa a partir do dia 18 de novembro, sendo necessário agendar o atendimento em uma concessionária. As unidades afetadas têm código de chassi entre LG100091 e LG139164, com data de fabricação entre 29 de abril de 2019 e 06 de novembro de 2019.

No momento, há registro de duas unidades do Chevrolet Onix Plus que pegaram fogo. Um aconteceu logo após o lançamento, no pátio da fábrica em Gravataí (RS) – e que a GM diz não ter a ver com o motivo do recall. O segundo caso foi no Maranhão, com um veículo que já havia sido entregue ao cliente e que teve um vídeo amplamente divulgado nas redes sociais. Há relatos nas redes sociais sobre um terceiro modelo que também incendiou, mas ainda não confirmado.


Compartilhe essa noticia.


  • 0 comentário(s)
Registre-se aqui e deixe seu comentario nessa noticia.

Seja o primeiro a gostar