Novo Alvodireto.com rede social de anuncios, seu conteúdo nos buscadores da internet. Cadastre-se e poste anuncios, fotos, artigos e qualquer conteúdo para aumentar sua presença online e apareça no Google, Bing e Yahoo

Categorias

Fonte: Motor 1

Teste: É verdade que o Onix Plus bebe mais e anda menos depois do recall?
Colocado por: 2020-01-06 12:33:26
Registre-se aqui e deixe seu comentario nessa noticia.

Ninguém nega que a nova geração do Onix foi o principal lançamento de 2019. Além de ser o sucessor do carro mais vendido do Brasil desde 2015, o modelo chegou fazendo barulho ao trazer itens inéditos para a categoria e uma relação custo-benefício sem igual no mercado brasileiro. Mas nem tudo foram boas notícias. E o que inicialmente parecia um caso isolado de incêndio se transformou num recall que levou de volta todas as unidades já produzidas do Onix Plus (versão sedã) com o motor 1.0 turbo para reprogramação do mapa de injeção - lançado depois, o modelo hatch já veio com o novo ajuste.

A GM agiu rápido e recolheu até mesmo os carros de imprensa para fazer o recall - fato que fez com que as fotos do nosso comparativo contra o Hyundai HB20S fossem feitas de forma separada. Como já tínhamos programado o teste do Onix hatch na sequência (fomos os únicos a dispor da versão com câmbio manual), agora então pegamos de volta um exemplar do Onix Plus Premier 1.0 turbo com câmbio automático para refazer nossas medições de desempenho e consumo. Por coincidência, a unidade utilizada foi a mesma que provamos no lançamento em Porto Alegre (RS).

Teste: Onix Plus pós-recall

O que mudou?

O incêndio no Onix 1.0 Turbo aconteceu por conta da quebra do bloco devido à falta de combustível na câmara de combustão. Isso porque, com gasolina de má qualidade aliada a alta temperatura do ar, o sistema de injeção fazia uma leitura errada e atrasava o ponto de ignição, fazendo com que o pistão subisse sem ter a mistura pronta para queimar (além de aquecer a câmara). Ao "bater seco", o pistão quebrava e a biela, solta, acabava por quebrar o bloco, fazendo com que o óleo vazasse em cima das superfícies quentes e gerasse então o fogo. 

Para evitar o problema, a Chevrolet fez uma reprogramação do sistema de injeção (conforme mostramos no vídeo acima). Basicamente, a GM "engordou" a mistura para que, numa condição crítica como a que motivou o incêndio, não faltasse combustível. A grosso modo, o motor está trabalhando com uma margem extra de combustível, o que, por si só, já seria um motivo para aumento de consumo. 

Acontece que isso afeta também o desempenho. Especialista em reprogramações de módulos de injeção, Thiago Silva, da P9 Power Factory, explica as consequências da mudança. Segundo ele, a medida da GM foi correta para proteger o motor. "Para trabalhar com a mistura mais pobre é preciso garantir a qualidade do combustível. Preparamos vários carros para rodar somente com gasolina Premium", explica. "Para um carro que vai receber todo tipo de combustível, como o Onix, a opção por uma mistura mais conservadora é um caminho natural". 

Teste: Onix Plus pós-recall

"Devido à mudança, o Onix deixou de operar com a curva ideal de ponto de ignição, ou seja, aquela que oferece o melhor compromisso entre consumo e desempenho", explica Silva. De fato, no lançamento o Onix Plus 1.0 Turbo com câmbio automático surpreendeu em nossos testes ao deixar para trás o VW Virtus (mais potente e com injeção direta) em todas as medições de performance e gasto de combustível. Agora com a reprogramação da injeção, as coisas mudaram. 

Na prática

Quem não havia dirigido o Onix Plus antes da alteração não vai notar falta de desempenho. Afinal, após um lag inicial abaixo de 2 mil rpm, o sedã responde com bom vigor às respostas do acelerador. Mas, na comparação com o modelo testado antes da reprogramação, é notório que as acelerações e retomadas não estão mais tão ágeis quanto antes. 

Analisando os números de teste, a medição de 0 a 100 km/h piorou de 9,8 para 10,5 segundos, enquanto a retomada de 80 a 120 km/h foi passou de 7,0 para 7,4 segundos. Isso seria o suficiente para perder a vantagem mostrada diante do Virtus, que registrou 10,3 s e 7,5 s nas mesmas provas, respectivamente. Nas medições de consumo, outra reviravolta: as médias foram reduzidas de 12,9 para 12,1 km/litro na estrada e de 8,6 para 8,1 km/litro na cidade (sempre com etanol), contra 8,5 e 12,5 km/litro do sedã da VW. 

Teste: Onix Plus pós-recall

Digamos que agora o Onix passa a ter um comportamento "OK" para um motor 1.0 turbo com injeção no coletor, sem surpreender como antes. No uso cotidiano, a diferença mais sentida por nossa equipe nas andanças com o carro foi no consumo. "Não consegui passar dos 8,8 km/litro no uso misto entre cidade e estrada", relatou o repórter Leo Fortunatti ao voltar de uns dias de folga com o sedã - lembrando que o padrão do teste "pra valer" difere no tipo de uso e percurso.  

Agora nos resta testar a versão hatch com câmbio automático para termos um panorama completo de como ficou a nova linha Onix após a mudança na injeção. O caso de incêndio e depois alguns relatos de vazamento de combustível, no entanto, não parecem ter sido suficientes para arrefecer os consumidores interessados no modelo. Tanto é que Onix e Onix Plus fizeram dobradinha na liderança do mercado nacional em dezembro de 2019. E isso não parece que vai mudar agora em 2020.

Fotos: autor e divulgação 

 

FICHA TÉCNICA: Chevrolet Onix Plus Premier

MOTOR dianteiro, transversal, três cilindros, 12 válvulas, 999 cm3, comando duplo variável, flex
POTÊNCIA/TORQUE

116 cv a 5.500 rpm; Torque: 16,3/16,8 kgfm a 2.000 rpm

TRANSMISSÃO câmbio automático de 6 marchas, tração dianteira
SUSPENSÃO independente McPherson na dianteira e eixo de torção na traseira
RODAS E PNEUS liga-leve aro 16" com pneus 195/55 R16
FREIOS discos ventilados na dianteira e tambores na traseira, com ABS e ESP
PESO 1.117 kg em ordem de marcha
DIMENSÕES comprimento 4.474 mm, largura 1.730 mm, altura 1.470 mm, entre-eixos 2.600 mm
CAPACIDADES tanque 44 litros, porta-malas 469 litros
PREÇO  R$ 77.780 (como avaliado)
MEDIÇÕES MOTOR1 BR (etanol)
    Onix Plus pré-recall Onix Plus pós-recall
Aceleração    
  0 a 60 km/h

4,3 s

4,9 s 
  0 a 80 km/h 7,0 s

7,6 s 

  0 a 100 km/h 9,8 s 10,5 s 
Retomada    
  40 a 100 km/h em D 7,3 s  7,6 s
  80 a 120 km/h em D 7,0 s  7,4 s 
Consumo    
  Ciclo cidade 8,6 km/l 8,1 km/l
  Ciclo estrada 12,9 km/l

12,1 km/l 

 


Compartilhe essa noticia.


  • 0 comentário(s)
Registre-se aqui e deixe seu comentario nessa noticia.

Seja o primeiro a gostar